terça-feira, 10 de maio de 2016

Santa Maria / RS: Motoristas reclamam das más condições da Estrada do Perau

Problema10/05/2016 | 06h45Atualizada em 10/05/2016 | 06h45

Estrada do Perau está em más condições desde chuvarada do final de 2015; Prefeitura garante que está trabalhando no local desde então

Motoristas reclamam das más condições da Estrada do Perau Germano Rorato/Agencia RBS
Foto: Germano Rorato / Agencia RBS
Lá se vão mais de seis meses e quem precisa usar a Estrada do Perau, que fica entre Santa Maria e Itaara, ainda convive com os estragos causados pelas fortes chuvas dos últimos meses do ano passado. Em novembro de 2015, o "Diário" já havia mostrado os danos no local, principalmente no calçamento, que teve pedras arrancadas, causando diversos buracos. À época, o lado de Itaara, que ter pouco mais de um quilômetro dos quatro totais da estrada, já havia sido reconstruído. Já no lado santa-mariense, alguns reparos foram feitos, mas a situação continua complicada.

Buracos na Estrada do Perau, entre Santa Maria e Itaara, prejudicam trânsito
– Eu usava bastante a estrada. Depois que deu esses problemas, parei um pouco. Mas, inevitavelmente a gente sempre acaba passando por aqui. Desde a chuvarada, está assim, só deram uma tapeada, é uma vergonha – reclama o microempresário Ademir Perchorsck.

VÍDEO: Estado de conservação da Estrada do Perau muda ao longo do trajeto
Além das más condições da via, outro problema relatado por quem utiliza a Estrada é o abandono e o lixo. Em muitos locais, o mato está alto, e nos mirantes, onde há lugar para estacionar, mesmo com lixeiras, o lixo é espalhado.

Motociclista atropela cavalo e é atropelado por carro na estrada do Perau
– A estrada está muito ruim, principalmente nas descidas. Mas, cada vez que eles vêm arrumar, o serviço não é bem feito. Outro problema é a falta de educação do povo. Eles não cuidam de nada, espalham lixo por todo lado – reforça o publicitário Rogério Rocha Lobato.

Universitários são ameaçados e têm o carro roubado em Santa Maria
À época, o secretário de Infraestrutura, Obras e Serviços da prefeitura de Santa Maria, Tubias Calil, afirmou que o lado santa-mariense é mais difícil de manter justamente por ser mais ingrime. Quando chove, a água desce com mais força, arrancando o calçamento. O secretário adjunto da pasta, Alexandre Brasil, afirma que, desde os estragos do final de 2015, uma equipe da secretaria está trabalhando no local.
– Já iniciamos a recuperação de todo o trecho do Perau, e a única parte que ficou para trás é no trecho que havia desbarrancado. Isso por que precisamos fazer um reaterro e uma contenção. Na semana passada, terminamos a contenção e, nesta semana, vamos dar continuidade nas obras da pavimentação. Infelizmente, tivemos que fazer os reparos por etapas. Mas são dois ou três trechos que estão pior – explica.
A previsão é que, se o tempo colaborar, a intervenção no calçamento seja concluída ainda esta semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário